Aprendendo a Palavra de Deus

Aprendendo a Palavra de Deus
OS CAMINHOS DA ORAÇÃO: E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos. E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra. E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono. E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue nos compraste para Deus de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; E para o nosso Deus nos fizeste reis e sacerdotes; e reinaremos sobre a terra. E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que estão no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre. Apocalipse 5:5-14

terça-feira, 19 de abril de 2011

Refletir é buscar dentro de você as respostas para mudanças, é arrepender-se e pedir perdão, e se limpar dos pecados e se tornar uma pessoa melhor!










É hora de receber o nardo o perfume do Senhor!

Neste momento que se aproxima a sexta feira santa é o momento de refletir:

Refletir sobre todos os acontecimentos da nossa vida que já passou,
Refletir sobre todos os atos que praticamos que feriu alguém,
Refletir sobre todos os atos em que nos omitimos e prejudicamos outras pessoas,
Refletir sobre nossos sentimentos de rancor e revolta que carregamos no coração,
Refletir sobre a mágoa que dói e aflige o coração por alguém que nos machucou,
Refletir se agimos corretos com nossos amigos, a pessoa amada, nossa família,
Refletirmos então sobre nossa vida, a nossa existência e deixar descer o nardo do Senhor,
Temos que nos ajustar para andarmos nos caminhos que o Senhor nós preparou.

Senhor se algum dos acontecimentos da minha vida me fez afastar de Ti perdoa-me.
Senhor se algum ato que pratiquei contra um irmão me afastou de Ti quero me conciliar com ele e perdoa-me.
Senhor se não tive a coragem de me opor às transgressões que fizeram contra outras pessoas perdoa-me.
Senhor não quero nenhum sentimento de rancor e revolta no meu coração eu dou o meu perdão ao meu irmão e me reconcilio com ele limpa – me.
Senhor já não guardo qualquer mágoa sobre atos que cometeram contra mim, eu dou o meu perdão limpa – me.
Senhor abençoa a minha vida, abençoa meus amigos e abençoa a minha família em nome de Jesus. Amem.

Senhor depois dessa reconciliação podemos entrar nos Teus átrios para Te louvar e adorar,
Dizendo sempre que só o Senhor é Deus e que Jesus Cristo é o Senhor e salvador,
Esperando que o Teu perfume seja derramado como unção sobre as nossas vidas,
Que esse nardo nunca venha faltar, nardo que limpa, que liberta, que sara,
Ele nos traz o perfume suave e nos revela o poder que há no Teu trono Senhor.
Amém.


" AMO ao SENHOR, porque ele ouviu a minha voz e a minha súplica. Porque inclinou a mim os seus ouvidos; portanto, o invocarei enquanto viver. " (Salmos, 116, 1-2) e



" E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. " (Marcos, 12, 29-30).











Um comentário: