Aprendendo a Palavra de Deus

Aprendendo a Palavra de Deus
OS CAMINHOS DA ORAÇÃO: E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos. E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra. E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono. E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue nos compraste para Deus de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; E para o nosso Deus nos fizeste reis e sacerdotes; e reinaremos sobre a terra. E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que estão no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre. Apocalipse 5:5-14

quinta-feira, 7 de abril de 2011

O bom senso é o caminho que nos leva ter mais acertos, que nos dar condições de ser mais justo, traz menos stress, concilia e une mais as pessoas!









Bom senso!


Em tudo na vida precisamos ter bom senso, primeiro verificar os fatos, para depois discutir o assunto, não deixe seus pensamentos perambular por caminhos da imaginação deixando que o mesmo crie sua própria estória diferentemente dos acontecimentos.

Julgar os outros é algo muito errado, principalmente quando não conhecemos todo o conteúdo do contexto, porque daí abre a porta para a imaginação e da indignação e começamos a caminhar pela trilha do rancor, atravessamos a esquina do ódio, para chegar em um ponto onde mora a injustiça.

O bom senso nos leva sempre a raciocinar o correto, onde ouvir explicações é primordial para formação de opinião, podemos falar tudo o que queremos, mas é necessário saber ouvir também, onde os pontos de vistas mesmo contrários às vezes podem chegar a um denominador comum e na ´duvida sempre é pró-réu para a lei dos homens, para a lei
de Deus a misericórdia, o amor e o perdão é a porta para o caminho da justiça.

Nós só seremos felizes quando aprendermos a conviver com bom senso, com paciência e praticar a justiça sempre, e estando prontos a ouvir o outro lado da questão, e também controlar os nossos pensamentos e impulsos, expurgando os maus e em seu lugar colocando os bons e evitar tomar decisões precipitadas em momentos de contendas e confusão.

Quando isso não ocorre, a vida passa ser tumultuada com muitas confusões, brigando com o mundo todo, porque achamos que somos o dono da verdade, onde magoamos quem amamos, não vivemos felizes, vivemos em fugas ocupando o tempo em diversas atividades,dando desculpa para todos os atos que praticamos, achando que a culpa é sempre dos outros e afundamos todas as nossas relações.

Reflita sobre isso e veja se não esta acontecendo isso com você, ou se aconteceu à vida toda
em suas relações de amor, de família ou mesmo com amigos, se for uma verdade na sua história de vida, esta na hora de mudar para que a felicidade te alcance.

João Martins

" Abomináveis são para o SENHOR os pensamentos do mau, mas as palavras dos puros são aprazíveis. " (Provérbios, 15, 26)

e " Disse-lhes, pois,
Jesus outra vez: Eu retiro-me, e buscar-me-eis, e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, não podeis vós vir. " (João, 8, 21).







Um comentário: